O colegiado do Programa de Pós-Graduação em Antropologia deliberou em reunião extraordinária, realizada em 21 de novembro de 2016, prorrogar o prazo de inscrições para a seleção ao mestrado e ao doutorado. Em face às condições de ocupação e greve de diversas instituições, o colegiado decidiu, em caráter excepcional, modificar o Item 1.3 do referido edital (1.3. Documentos necessários à inscrição), não sendo necessário, no momento da inscrição ao processo seletivo, o candidato concluinte apresentar a "declaração do dirigente de seu curso de Graduação de que é concluinte", acesse aqui Edita de Retificação na íntegra.

 

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal do Pará considera que as últimas ações governamentais, dentre as quais a Proposta de Emenda à Constituição n. 55, de 2016, que tramita no Senado Federal e que institui um novo regime fiscal que vigará por 20 exercícios financeiros do Governo Federal, e a Medida Provisória n. 746, de 2016, que também tramita no Senado Federal e que reforma o Ensino Médio, assim como outras ações que ameaçam diversos direitos adquiridos, sobretudo da classe trabalhadora, afetam negativamente as profissões de Antropólogo, Arqueólogo e Bioantropólogo, além de terem implicações nefastas sobre o funcionamento do ensino superior, sobre a produção científica e sobre a atuação da pós-graduação no Brasil. Consciente do papel de grande relevância que os Programas de Pós-Graduação e as Universidades Federais desempenham para o desenvolvimento social do Brasil, em particular na Amazônia, por meio das atividades de ensino, pesquisa, extensão e inovação desempenhadas por seus docentes, discentes e pessoal técnico-administrativo e preocupado, por um lado, com a maneira como as ações governamentais que atingem nossas profissões têm sido encaminhadas, sem consulta prévia à população ou à comunidade acadêmica e, por outro, com as consequências funestas dessas ações, caso implementadas, os docentes do e os discentes do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal do Pará, reunidos em reunião colegiada no dia 21 de novembro de 2016, entendem que são legítimas as manifestações docentes de paralisação e as ocupações discentes nas Instituições Federais de Ensino Superior, apoiando-as e incentivando a participação ativa de seus docentes e discentes nessas manifestações e ocupações. Assim, o Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal do Pará reitera sua adesão às notas já publicadas tanto pelas entidades científicas das áreas de Antropologia e Arqueologia (notas da Associação Brasileira de Antropologia de 26 de outubro de 2016 e de 01 de novembro de 2016 e nota da Sociedade de Arqueologia Brasileira de 17 de outubro de 2016), como pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal do Pará de 25 de outubro de 2016. 

Belém, 21 de novembro de 2016.

O Programa de Pós Graduação em Antropologia (PPGA) do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da UFPA convida todos (as) a participarem da Programação do Procad que integrará as atividades relativas a ocupação da UFPA, conforme decidido em assembleia realizada pelos Docentes, Técnico Administrativo e Comissão formada pelos Discentes do PPGA e PPGSA, ocorrida em 16/11/2016. Acesse a programação

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia convida a todos para as seguintes Defesas de Tese:

1. Discente Lilian Castelo  Branco de Lima, intitulada: “Maricota Apinajé: Uma Mulher-Patrimônio em Tramas de Saberes”, que ocorrerá no dia 16 de novembro de 2016, às 14h, no Auditório do IFCH.

 

Banca examinadora:

Profª. Drª. Joelma Cristina Parente Monteiro Alencar - UEPA, examinadora externa

Profª. Drª. Beatriz de Almeida Matos - IFCH/UFPA, examinadora externa

Profª. Drª. Edna Ferreira Alencar – PPGA/UFPA, examinadora interna

Prof. Dr. Flávio Bezerra Barros – PPGA/UFPA, examinador interno

Prof. Dr. Witembergue Gomes Zaparoli – UFAM, examinador externo suplente

Profª. Drª. Rosa Elizabeth Acevedo Marin – PPGA/UFPA, examinadora interna suplente

Prof. Dr. Agenor Sarraf Pacheco– PPGA/UFPA, orientador e presidente.

 

 

Nesta semana, os membros dos Comitês Assessores do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), ao chegarem em Brasília, para realizar o julgamento dos processos referentes à demanda de Produtividade em Pesquisa, foram surpreendidos pela informação de que o CNPq poderia aplicar um corte de 20 a 30% das bolsas ativas nesta rodada, caso persistam os cortes orçamentários aos quais o CNPq vem sendo submetido. Ressaltamos que a bolsa de Produtividade em Pesquisa é de importância estratégica para a manutenção de condições mínimas de sobrevivência da pesquisa científica nacional. Os pesquisadores contemplados com esta bolsa são sistematicamente avaliados, possuindo altos níveis de produtividade acadêmica e científica no Brasil. O corte de tal auxílio à pesquisa certamente virá a reduzir o já combalido quadro de financiamento do avanço científico e tecnológico, de que o nosso país tanto necessita. 

Diante das preocupantes notícias de possíveis cortes drásticos em bolsas e financiamentos do CNPq, manifestamos a nossa indignação com o progressivo desmonte das condições de viabilização das atividades de pesquisa e formação de novos pesquisadores, saiba mais...

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia torna público o resultado da pré seleção interna para a realização do Doutorado Sanduíche, sendo selecionadas as seguintes discentes:

Ariana Kelly Leandra Silva da Silva;

Jaqueline Pereira de Sousa;

Luciana Marinho Melo

 

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia convida a todos para Defesa de Tese da discente Maria Adelina Rodrigues de Farias , intitulada: “Antropologia Linguística e Etnografia Toponímica: Vivencias e Narrativas em Territórios Socioculturais de Murini-Benevides-Pará”, que ocorrerá no dia 06 de outubro de 2016, às 9h, no Miniauditório do PPGA/IFCH.